domingo, 21 de fevereiro de 2016

Ribeira Tem-Te-Não-Caias

Com tempo de sobra para "outras" leituras,  fui à descoberta de  localidades que ostentam  nomes de batismo… como dizer… engraçados, estranhos, curiosos, “esquisitos”.
A viagem pelos “caminhos de Portugal” (lembram-se da cantiga?) foi lonnnnnnnga, para lá do “Cu de Judas”!
A “Paixão” “Endiabrada” fui dura, acreditem - e cara: custou-me o “Coiro da Burra” quando passei pela “Venda da Gaita”.
A aventura começou “Quarta-Feira” na “Terra da Gaja”, passei pelo “Rabo de Porco”, “Mal Lavado”, “Colo do Pito” e acabei por passar a noite em  “Vale da Porca", terra do Roberto Leal ( conhecem?).
O "itinerário" desta primeira viagem:
Terra da Gaja – Lousã, Paitorto - Mirandela, Rabo de Porco –Penela,Pobreza  -Caminha, Máquina - Cabeceiras de Basto,  Mal Lavado – Odemira, Focinho de Cão  - Aljustrel,  Endiabrada - Aljezur,  Cama Porca  - Alhandra, Pé de Cão - Torres Novas, Chiqueiro - Lousã, Campa do Preto -  Maia, Paixão - Celorico de Basto, Colo do Pito - Castro d’Aire, Picha - Pedrogão Grande, Venda da Gaita – Tomar, Quarta-Feira - Sabugal, Coiro da Burra - Faro, Ribeira Tem-Te-Não-Caias - Machico, Cu de Judas -São Miguel