terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Uma menina chamada Laura

Sendo real, a estória tem tratamento de encantar…

Era uma vez uma menina chamada Laura, carinha de porcelana, cabelo aos caracóis e olhitos ladinos. 
Menina, sim, mas veloz nas palavras e nos passinhos miúdos, a Laura (talvez, Laurinha para os familiares e amigos…) gosta muito do Acácio - espécie de tio de quem todas as crianças gostam. O Acácio, “tio”, é assim, sempre foi assim - é por isso que está nesta estória, mas não faz pate dela.
Um dia, uma amiga da mãe da Laura, simpática e gentil, diz à menina com carinha de porcelana, cabelo aos caracóis e olhitos ladinos:
- Sabes, tens um cabelo muito bonito! Se eu pudesse tinha um cabelo como o teu… 
A Laura, menina, sim, mas rápida no pensamento, sorriu, arrancou um dos seus cabelos e ofereceu à Ivone, amiga da sua mãe. 
… Disse a Ivone que a Laura a " (…) deixou com lágrimas nos olhos"!

-Ilustração  de “A menina do Mar” de Sophia de Mello Breyner Andresen