quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

"Memórias" - Gabriel Garcia Márquez

RiTuAL -  memórias 03.03.07

*
Comprei as "Memórias das minhas putas tristes", escritas pelo Nobel da Literatura colombiano.
Diz o autor, sobre o avanço da idade no homem maduro, que "...as primeiras mudanças são tão lentas que mal se notam, e continuamos a ver-nos de dentro como sempre tínhamos sido, mas os outros vêem-nos por fora...".
Quem olha de "fora para dentro", de facto nem sempre se apercebe que o "interior" não é, necessariamente, o reflexo do "exterior"...
"(... ) Descobri que a minha obsessão de que cada coisa estivesse no seu lugar, cada assunto no seu tempo, cada palavra no seu estilo, não era o prémio merecido de uma mente ordenada mas, pelo contrário, um sistema completo de simulação inventado por mim para ocultar a desordem da minha natureza".
- Palavra do Mestre.

domingo, 8 de janeiro de 2017

Cara de sol

 
                               Neste domingo
                               a manhã tem cara  de  sol,
                               talvez por ser domingo ...